Saiba como um pastor pode ENCOLHER sua própria igreja.

Atualizado: 19 de Fev de 2020

Alguns pastores e líderes não dão importância a sua saúde mental.



A paz, você que serve o ministério pastoral e de liderança... este ARTIGO é para você!

Sou Denis Almeida, pastor e psicólogo e tenho me dedicado aos cuidados pastorais, de líderes e de suas famílias.


Eu fico muito preocupado com certos desejos de pastores a respeito de si mesmo, pois eles ou você mesmo influencia diretamente sua saúde, família e ministério. Será que seus desejos estão mais relacionados a CRESCEREM suas igrejas ou em relação a sua saúde e da sua família?


Este artigo tem como base uma pesquisa que realizei com pastores e tem me norteado para realização de cursos, ajudado em atendimento em psicoterapias e produções de materiais incluindo o livro SOS – Pastores, Salvem-se! Onde já centenas de pastores adquiriram, porém a partir de março de 2020 não será mais gratuito, ainda dá para baixar clicando aqui.


Deixa-me abrir um parêntese rapidinho, se você é pastor ou líder ministerial e está interessado em participar de psicoterapia com 10 sessões online o Instituto noReino está pagando 90% de cada sessão e você arca com 10%, porém tem que saber se tem vagas.


Acesse www.noreino.org e clique em Preciso de Ajuda e enviaremos todas as informações para você.


Voltando ao tema...


O desejo de 31,1% dos pastores pesquisados é que suas igrejas cresçam como solução imediata para seus problemas.

É natural e saudável termos esse desejo, sou pastor e quero muito que a minha igreja venha crescer ainda mais, na verdade se tem algum pastor que não tem esse desejo, hummm... tem alguma coisa errada com ele, você concorda? Escreve nos comentários ou em meu post em @denisalmeidapr no instagram clicando aqui.


A questão aqui não é o crescimento em si, a questão é o que se está priorizando. O crescimento em vez de priorizar a saúde e nesse caso a psicológica e emocional, que ocupou o 3º lugar com 19% na pesquisa.


Por que estou enfatizando isso, pois quando eu vi as respostas considerei que esses pastores não tinham problemas em relação aos transtornos e/ou sintomas psicológicos, porém ao filtrar as respostas percebi que NÃO!

Ou seja, a pesquisa mostrou que mesmo aqueles que se encontram com transtornos e/ou sintomas psicológicos, não querem resolver estes problemas (já que era uma das possibilidades colocadas na pesquisa), e sim querem que suas igrejas cresçam.

A pergunta que não quer calar... será que se a igreja crescesse como uma forma de solução, ou tais pastores assumissem uma igreja grande, será que eles dariam conta? Considerando o caso específico, que há problemas em suas vidas referentes a depressão e/ou ansiedade e/ou estresse?


Uma pequena história que pode ajudar você.


Eu me lembro de uma consultoria que fui realizar a uma empresa, a primeira coisa que percebi na gestão era que o gestor não estava bem emocionalmente, indiquei a psicologia para que pudesse ajuda-lo, pois a sua empresa iria sofrer se ele não se cuidasse. Ele fez escolha em não buscar ajuda, consequentemente sua empresa sofreu e sofre até hoje.


Espero que você possa estar me compreendendo, a questão aqui não é o crescimento da igreja, e sim estado psíquico de quem está querendo que a igreja cresça.


Será que estes pastores acham que se suas igrejas crescessem como uma solução os seus problemas acabariam? Trabalhar com pessoas exige muito de nós e para isso o nosso estado psicológico deve estar equilibrado, caso não, teremos mais sofrimentos psíquicos.


Minha recomendação como pastor e como alguém que tem se dedicado a este tema por anos. Cuide do templo do Espírito Santo! Cuidar do templo não é unicamente da saúde física, mas também na saúde psíquica! Caso não, a igreja irá DIMINUIR em vez de CRESCER.


Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. 1 Coríntios 6:19-20 (ARC).

Enquanto pastores e líderes, temos que nos perceber enquanto seres humanos os quais não estamos prontos, ou seja, temos que olhar para dentro de nós e analisar o que precisamos mudar e como acontecerá isso. Como pessoas espirituais, muitas vezes culpamos o diabo, demônios e até Deus por todas estas coisas que acontecem sobre nós, não digo que sim, nem que não, o que digo é que nem tudo é somente espiritual, às vezes é psicológico e infelizmente o inimigo de nossas almas usa isso contra nós mesmos.


Na próxima aula iremos tratar sobre o 2º grande desejo dos pastores, você sabe qual é?


Você considera relevante este tema? Compartilhe com outros pastores, líderes ministeriais e suas famílias.

Você pode também assistir a videoaula sobre este tema!


Dica do Denis (DdD)


  1. Clique em loja! E você verá alguns livros que podem te ajudar também.

  2. Clique em vídeos! Lá você encontrará diversos conteúdos importantes.

  3. Você pode clicar também em Preciso de Ajuda! e nos enviar uma mensagem.


Em Cristo, servindo-O,

também Pastor,

Denis Almeida


Revisado por: Iasnaya Almeida

Imagem: br.freepik.com

61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo